quarta-feira, dezembro 26, 2007

Legalize it...

Uso de pequenas quantidades de drogas está "liberalizado" em seis distritos

Se alguém for apanhado a fumar um charro ou a inalar cocaína em pequenas quantidades no distrito de Santarém pode ter que pagar uma coima ou ser mandado para tratamento, se o mesmo acontecer no distrito de Lisboa, Bragança, Guarda, Viseu, Coimbra e Faro nada acontece. Neste momento há seis distritos do país onde a compra, posse e consumo de droga em pequenas quantidades não tem consequências porque as comissões de dissuasão da toxicodependência (CDT) destes distritos estão sem poder decisório por falta de pessoal.
...
Fonte: Público
...
Uma pequena música para a campanha de liberalização:
Tenho narinas de cocaína,
tenho veias de heroína,
tenho pulmões de haxixe,
eu sou um gajo bué da fixe.
...
Estou pensando em dedicar-me ao negócio, a Teleganza vai avançar. De pé, ó vítimas do cavalo.

quarta-feira, dezembro 19, 2007

sábado, dezembro 15, 2007

Obrigado...

O Correio da Manhã, regressou às Bibliotecas Municipais de Lisboa. Obrigado, António Costa, nunca pensei vir a agradecer a este trengo com cara de chamuça. O que seria de nós? - sem o Correio da Manhã, este marco ímpar no panorama da comunicação social portuguesa. Agora só falta o 24 Horas nas Bibliotecas em Lisboa. Força, Toni.

quinta-feira, dezembro 13, 2007

Sugestão...


Novo espaço em Lisboa, a Fábrica Braço de Prata, um projecto de alterne entre a Livraria Ler Devagar e a Eterno Retorno, que saem do Bairro Alto e estão agora no Poço do Bispo. É um projecto bastante dinâmico num sítio muito agradável.

sexta-feira, dezembro 07, 2007

...

Da minha janela vejo a Lua,
mas não vejo Nova Iorque,
logo, estou mais perto da Lua do que de Nova Iorque.

segunda-feira, dezembro 03, 2007

Paranoid Park...


Gus Van Sant, realizador de Gerry, Last Days, Elephant, explora aqui o universo adolescente, em ocorre um homicídio acidental de um segurança, que atormenta o adolescente que o cometeu. Gostei imenso do filme, a realização é magnífica.
...
[Cinecartaz]. Cinecartaz

quinta-feira, novembro 29, 2007

Estádio da Luz...


Estive ontem no Estádio da Luz, a assistir ao jogo Benfica-Milan, foi um bom jogo e uma bela oportunidade para ver o actual campeão europeu e o melhor jogador do mundo, Kaká, que não jogou nada, aliás o Milan não jogou nada. Fiquei impressionado com o Estádio, é espectacular. Não ia à bola, desde que o meu pai me levava aos jogos do Portimonense durante a minha infância. À saída, a tradicional bifana, não me apeteceu a sandes de courato. Enfim, foi muito fixe.

sexta-feira, novembro 23, 2007

Inferno...

Preciso de silêncio, de ar puro, de estar sem ver pessoas. De fazer um reset à minha massa cinzenta.

quinta-feira, novembro 22, 2007

...ººº)


Fotografia: urbannaturegroup.blogspot.com
...
Estou a escassos dias de comprar uma máquina fotográfica, vou passar a andar por aí, perdido no tempo, com um outro olhar. Abençoado subsídio de natal!!!

quarta-feira, novembro 21, 2007

segunda-feira, novembro 19, 2007

quinta-feira, novembro 15, 2007

quarta-feira, novembro 14, 2007

Control...


Estou à espera da estreia de Control, está quase. Filme baseado na vida de Ian Curtis, vocalista dos Joy Division. Podia ficar horas, semanas, meses, anos, décadas a falar desta mítica banda, a influência que teve sobre mim, a primeira vez que ouvi, foi um tiro na nuca, a partir daí passou andar sempre comigo no meu walkman, hoje em dia pago a factura da dependência do walkman, as minhas capacidades auditivas estão reduzidas a 60% do que seria normal. A poesia de Ian Curtis foi um flash, ao saber do fim trágico de Ian Curtis, aos 23 anos suicida-se em casa do pai, enfim, uma vida repentina que deixou um legado que ainda hoje influencia muitas bandas. Uma personagem misteriosa com uma visão muito particular das coisas que o rodeavam. Ainda me lembro do final do livrinho das letras de Ian Curtis, continha a "Alegoria da Caverna" de Platão. O que é que eu vou fazer quando a novidade desaparecer?
...
Mais sobre o filme:
[Cinecartaz]. Cinecartaz
[IMDB]. www.imdb.com

segunda-feira, novembro 12, 2007

Cotovia...

- Alô, cotovia!
Aonde voaste,
Por onde andaste,
Que tantas saudades me deixaste?

- Andei onde deu o vento.
Onde foi meu pensamento.
Em sítios que nunca viste,
De um país que não existe...
Voltei, te trouxe a alegria.

- Muito contas, cotovia!
E que outras terras distantes
Visitaste? Dize ao triste.
- Líbia ardente, Cítia fria,
Europa, França, Bahia...

-E esqueceste Pernambuco,
Distraída?

-Voei ao Recife, no Cais
Pousei da Rua da Aurora.

- Aurora da minha vida,
Que os anos não trazem mais!

- Os anos não, nem os dias,
Que isso cabe às cotovias.
Meu bico é bem pequenino
Para o bem que é deste mundo:
Se enche com uma gota de água.
Mas sei torcer o destino,
Sei no espaço de um segundo
Limpar o pesar mais fundo.
Voei ao Recife, e dos longes
Das distâncias, ainde alcança
Só a asa da cotovia,

- Do mais remoto e perempto
Dos teus dias de criança
Te trouxe a extinta esperança,
Trouxe a perdida alegria.

MANUEL BANDEIRA
in "Estrela da Vida Inteira"

segunda-feira, novembro 05, 2007

O que ando a ouvir...


...
Chet Baker e a música "My Funny Valentine"

sexta-feira, novembro 02, 2007

Lulu on the Bridge...


Izzy (Harvey Keitel) é um saxofonista em crise. Ele acaba de ser atingido por uma bala perdida durante um show e agora não pode tocar mais. Enquanto tenta retomar sua vida, se depara com uma misteriosa maleta contendo uma pedra azul e um número de telefone. O telefone é da actriz Célia (Mira Sorvino), garçonete nas muitas horas vagas. Os dois combinam um encontro e a pedra que acaba de uni-los, parece enfeitiçar o casal, envolvendo-os em uma aura de pura paixão. Separados em função do trabalho de Célia, os dois só pensam em se reencontrar. Mas um sinistro sequestro pode acabar com os planos de felicidade do casal...
...
Argumento e realização: Paul Auster
Ano: 1998
[imdb]. imdb

terça-feira, outubro 30, 2007

Uma Pedra ao lado da Evidência ...

Deito-me na rede atada
Aos pináculos do fuso horário.

Tivessem os meus dias um dono
ao alcance da voz
que por mim cora; sem pejo
o adularia.

Este sulco em minha mão
que enruga a testa das ciganas
não vai mais longe o seu cavalo cego.

Que ilusória beleza
Raia
um verso nado
e, dúplice, na ausência de ambos,
a cama estática.

Como dos deuses, descrevo
da inspiração ;
entre mim e a voz
há um convívio silente.
Quando da avenida,
o alto repuxo de som
inunda o flat,
volto eu à secura
íntima da água.

Há poetas com musa. Muitos.
Eu , neste jardim do Éden,
a cargo do município,
onde um velho destece a sua vida
e, baixando o olhar,
ainda lhe afaga a trama,
quando a poesia se afoita,
amuo
na agrura de, ao acordar,
tê-la sonhado.

Sebastião Alba
In A Noite Dividida/ o Limite Diáfano, Lisboa,
Assírio e Alvim, 1996

segunda-feira, outubro 22, 2007

Belle de Jour...


Um filme surpreendente, Belle de Jour, de Luis Bunuel, 1967. Catherine Deneuve desempenha um papel muito à frente, é brutal.

O que ando a ler...


Depois de várias tentativas, eis que, finalmente estou agarrado a este livro.

sexta-feira, outubro 19, 2007

A Alternativa...

A RTPN afirma-se como uma autêntica alternativa no actual panorama dos canais por cabo, que actualmente é um autêntico lamaçal. Às Quintas, dois excelentes programas, o Zoom, magazine cultural,ontem contou com a presença de Richard Zimler; e logo a seguir, o Fotograma, magazine de cinema. Muito bom.
Obs: As apresentadoras são do best, muito giras.

domingo, outubro 07, 2007

A vida interior de Martin Frost


Um filme francamente muito mau, é o segundo filme de Paul Auster, que não pretende ser autobiográfico. A história de um escritor que escreve sobre um escritor, que subitamente vê o seu espaço invadido por uma suposta musa. Paul Auster não convence como realizador, o resultado da sua experiência é um fracasso. Pretendia conhecer melhor o universo de Auster, mas senti-me defraudado com este filme.

sexta-feira, setembro 28, 2007

A minha esplanada...



A esplanada do Miradouro de Santa Catarina, ou vulgarmente conhecida como Adasmator, tem uma das melhores vistas de Lisboa, é um sítio bastante simpático, com preços muito acessíveis, onde passo estes fim de tarde muito bons de Setembro.

terça-feira, setembro 25, 2007

sábado, setembro 22, 2007

Mysterious Skin...


Pedofilia + Homosexualidade + Ovnis
...
[Cinecartaz]. Cinecartaz

segunda-feira, setembro 10, 2007

Os Coristas...


Este filme foi um sucesso de bilheteira, no entanto ficou abaixo das minhas expectativas. Fiquei indiferente a este filme, falta-lhe alguma profundidade, o argumento podia ser melhor explorado, assim o filme torna-se um bocado simplista.

quarta-feira, setembro 05, 2007

Sugestão...


Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, no São Jorge, de 5 a 9 de Setembro.
...
[Motel X]. www.motelx.org

...


Estive a consultar posts anteriores deste blog, de facto, há coisas com alguma qualidade, interessantes. A situação actual do Canal Caveira é completamente diferente, está um bocado medíocre, banal. Estou a reunir novas ideias, para que o Canal Caveira se torne algo de interessante, continuando a ser dirigido a minorias. Isto deve-se a um momento actual do dancingkid, que quer ultrapassar alguma coisa que lhe arranha a consciência, e lhe prende os movimentos. Mas este mês de Setembro promete, e darei conta disso no Canal Caveira. Até já...

segunda-feira, setembro 03, 2007

Estado crítico...

Começo a ficar preocupado comigo, a minha massa cinzenta está a atrofiar a olhos vistos. Há um ano atrás estava com as minhas capacidades muito activas, tinha uma capacidade de racíocinio boa. Nestes últimos meses, parece que estou bloqueado, isto não está a funcionar nada bem. Preciso de fazer qualquer coisa, maybe i need a shrink. Que Deus me proteja, dizem que os loucos consequem estabalecer comunicação com Deus, ouvem vozes, veêm coisas fabulosas. Um rapaz tão novo e já todo chumbado, não havia necessidade.

sexta-feira, agosto 31, 2007

Dia de anos...

Com que então caiu na asneira
De fazer na quinta-feira
Vinte e seis anos! Que tolo!
Ainda se os desfizesse...
Mas fazê-los não parece
De quem tem muito miolo!

Não sei quem foi que me disse
Que fez a mesma tolice
Aqui o ano passado...
Agora o que vem, aposto,
Como lhe tomou o gosto,
Que faz o mesmo? Coitado!

Não faça tal: porque os anos
Que nos trazem? Desenganos
Que fazem a gente velho:
Faça outra coisa: que em suma
Não fazer coisa nenhuma,
Também lhe não aconselho.

Mas anos, não caia nessa!
Olhe que a gente começa
Às vezes por brincadeira,
Mas depois se se habitua,
Já não tem vontade sua,
E fá-los queira ou não queira!

João de Deus

segunda-feira, agosto 06, 2007

Richard Zimler...


Excelente programa, ontem, na RTP2, sobre Richard Zimler, vou começar a ler O Último Cabalista de Lisboa, precisamente o primeiro trabalho de Zimler.

sexta-feira, agosto 03, 2007

O novo livro de Monsieur Ramos...


Este novo livro de Manuel da Silva Ramos, é uma espécie de CSI à portuguesa, baseado em acontecimentos reais, mais concretamente no serial killer de Santa Comba Dão, o Cabo Costa.

sexta-feira, julho 27, 2007

Pelos caminhos de Portugal...


eu vi tanta coisa linda, tanta coisa sem igual.

terça-feira, julho 17, 2007

Antes do Anoitecer...


Finalmente, consegui ver este filme. Identifiquei-me com o Jesse (Ethan Hawke), não sei porquê...
Título original: Before Sunset (2004)

...

A História repete-se. Primeiro como tragédia, e depois como comédia.

Karl Marx

quinta-feira, julho 12, 2007

...

Um corpo vazio persegue-me há horas, caminho pela baixa e esta estranha sensação, não me deixa da mão. Procuro uma tentativa de fuga, deixar para trás este objecto adesivo, ele continua lá, impávido e sereno, como se tivesse a certeza que era uma questão de tempo até invadir-me e consumir-me até às entranhas. Paro numa esplanada para analisar um pouco este tenebroso mal que me atormenta. Está um dia agradável, o sumo de maracujá está fresquinho, subo por instantes até a um nível de pensamento completamente abstracto, só possível devido às elevadas temperaturas que se fazem sentir. Compro o jornal, e leio o meu horóscopo, é isto, está aqui a resposta que procurava. Este vazio, afinal tem contornos bem definidos, e é visível, não é nada mais que, a Sociedade contemporânea deste país ocidental, que faz definhar os espíritos mais abertos que por ventura procuram algo mais que o consumismo imediato. É preciso algo mais, a alienação não é o caminho, a consciência que os actuais modelos económicos e políticos estão esgotados, para onde caminhamos, não sei. Não sei por onde vou, mas sei que não vou por aí...

quarta-feira, julho 04, 2007

quinta-feira, junho 28, 2007

quinta-feira, junho 07, 2007

Café com letras...


Fui até à Biblioteca Municipal de Algés, e valeu bem a pena, uma agradável conversa com José Luis Peixoto, com algumas confissões, correu de uma maneira muito divertida. Falou-se de tudo e mais alguma coisa, os piercings, as tatuagens, a música que ele ouve. Este rapaz tem uma actividade imensa, com muita a coisa a estar aí, teatro, novos livros, etc.

quinta-feira, maio 31, 2007

Metropolis...


Lá fui eu até à Cinemateca, em dia de greve, o metro paralisado, um belo passeio a pé desde a minha casa até à Cinemateca, a minha dependência por cinema faz-me ultrapassar quaisquer barreiras. O filme em si, é uma obra prima de Fritz Lang, adorei, o argumento é fantástico, um filho que se revolta contra o pai , dono de Metropolis, com um exército de operários que vivem num mundo subterrâneo, à superficie existe uma mega cidade toda futurista, que é mantida em funcionamento graças aos operários que estão num submundo. É uma história fabulosa, que qualquer viciado em cinema deve ver e rever, faz parte da história do cinema, e Fritz Lang é sem dúvida um dos maiores cineastas de sempre.
...
[IMDB]. Metropolis
[Wikipédia]. Wikipédia

segunda-feira, maio 28, 2007

O que ando a ler...


Esperam-me 400 páginas pela frente, o pouco que li até agora fascinou-me, uma escrita que nos envolve, e a história parece-me encantadora, ao ponto de ter vontade de ler o livro num ápice.

segunda-feira, maio 21, 2007

A Maldição da Flor Dourada...


Um filme fantástico, que ganha o estatuto de um dos melhores filmes que vi nestes últimos anos. Quando saí da sala de cinema, só me apetecia chorar.

sábado, maio 19, 2007

Jardim Botânico...


Um espaço bem agradável no meio de Lisboa, permite-nos esquecer um pouco do caos em que está transformada Lisboa. Aqui, é um óptimo refúgio para pôr as ideias em dia.
Um paraíso no meio da selva.

terça-feira, maio 15, 2007

Monsieur Ramos...

Estou a ler em leituras paralelas a Ambulância e O Sol da Meia-Noite- Contos para a Juventude, e a verdade é que ando muito bem disposto, isto faz-me lembrar-me as merdas que eu escrevia há algum tempo atrás, julgando-me um imbecil com algum talento literário escondido.
Podem dar uma olhadela neste blogue, A Metafisica do Prepúcio, os links que disponibilizo no mesmo, são do melhor que há na ciberesfera.

domingo, maio 13, 2007

...

Nunca fui bom a planear o futuro. Não vale a pena passar o tempo com a cabeça nas nuvens. Consegue-me surpreender-me sem saber quem é ele afinal: o futuro tem máscaras, esconde-se no presente, engana-nos com a maior das facilidades.
Se um dia te encontrar por aí, finge não me ver, eu aindo moro no mesmo sítio.
Quando eu sair de casa não te quero encontrar, hoje, o futuro viajou para um país distante, esqueceu-se do encontro que tínhamos marcado ao fim da tarde.
Este gajo é sempre a mesma merda, é o que dá confiarmos no futuro.
O futuro é o que cada momento nos dá.

sábado, abril 28, 2007

segunda-feira, abril 23, 2007

domingo, abril 22, 2007

Fur - Um Retrato Imaginário de Diane Arbus


Um filme absolutamente lindo. Recomendo vivamente. Fiquei muito curioso acerca de Diane Arbus, que desconhecia até ver este filme, que não é biográfico, mas desperta-nos a imaginação.
...
[Cinecartaz]. Cinecartaz

quarta-feira, abril 18, 2007

Ando a ler por aí ...


A vida do jovem Nick Guest muda irreversivelmente quando aceita passar uma temporada em casa de Toby, seu colega de faculdade e objecto da sua vã paixão. Oriundo de uma família de classe média, Nick vai ser então iniciado no mundo dos ricos e poderosos.
Vivem-se os impetuosos anos 80, e no círculo de poder de Margaret Thatcher, onde a ganância é glorificada, Nick, o puro esteta, é um forasteiro, um intruso movido por algo bem diferente. Mas Nick adopta e é adoptado pela extravagante família de Toby, com quem embarca nos vícios da década: dinheiro, poder, sexo e cocaína; e a sua estadia na casa de Notting Hill parece prolongar-se indefinidamente. São tempos inebriantes e Nick rapidamente se adapta ao ritmo vertiginoso das festas e viagens e à amoral sensação de nada ser lhe vedado. De facto, tudo parece ser possível; a decadência nunca fora tão divertida. Mas esta interminável busca da auto-satisfação tem um preço, e Nick apercebe-se demasiado tarde de que lhe vai custar tudo o que possui.

sábado, abril 14, 2007

sábado, abril 07, 2007

Viagens na minha terra...


Fui até Montemor-o-Velho para uma entrevista profissional, que aventura, deuses. Até Coimbra tudo normal, depois apanhei o autocarro para Montemor, estava apinhado de gente, pessoas com sacos e mais sacos, só falta galinhas a voar dentro do autocarro, ok, este é o país real, parecia um filme do Kusturica. Coimbra está transformada num grande centro, mas à sua volta é o Portugal rural, onde parece que nada se passa, o tempo parou aqui.

Inland Empire...


David Lynch é um génio, este filme está brutal, deixa-nos completamente com as voltas trocadas. Este gajo está muito à frente.
...
[Cinecartaz]. Cinecartaz

segunda-feira, abril 02, 2007

Câmara Clara...

O programa de ontem, foi sobre Viagens e teve como convidados Ana Isabel Mineiro (Fugas/Público) e Gonçalo Cadilhe (Única/Expresso). Admiro o percurso de Gonçalo Cadilhe, e o seu discurso também me agrada muito.
...
[Câmara Clara]. Câmara Clara

A Profecia Celestina...


Fui até ao Quarteto ver este filme, tinha uma certa curiosidade sobre a "A Profecia Celestina", e não me apatecia ler o livro. Confesso que cada vez gosto mais do Quarteto, bilhetes a 3 euros, e uma sala de cinema praticamente só para mim, em plena Lisboa, acho muito bom.
...
[Cinecartaz]. Cinecartaz

domingo, março 18, 2007

Assalto à mão desarmada...

Desloquei-me à Hemeroteca Municipal para tirar umas fotocópias de uma revista, até aqui tudo bem, o ponto de partida da minha revolta, é que já me estou a passar com estas cenas, peço à funcionária para tirar duas cópias, fixe. A surpresa surge quando é a altura do pagamento, não queria acreditar, deuses, 17 cêntimos cada cópia, mais caro do em qualquer chafarica, leio o recibo e olho para a taxa de iva, é só 21%, ou seja, um quinto do preço total do que consumi é para imposto. Isto é uma pescadinha de rabo na boca, se o governo rouba, com uma política de impostos maquiavélica, qualquer membro do povo segue o exemplo. Para ser mais elucidativo, no outro dia, entrei na pastelaria cá do bairro, pedi um queque, para meu espanto, custou 1 euro, um simples queque, eh pá!!! – isto é muito fermento, os preços dispararam, toda a gente que tenha o seu negóciozito, mete a unha, é fartar vilanagem!!!
Espero que o Eng. Sócrates meta na cabeça que o seu poder é efémero, e que há uma coisa que se chama votos, até lá, goze bem o seu estado de graça, ainda me vem este gajo falar em justiça social, tretas. Pior do que isto, é Jesus Cristo que não percebia nada de finanças.

sexta-feira, março 16, 2007

As Vidas dos Outros...


Um dos melhores filmes que vi ultimamente, o argumento é excelente, foge ao óbvio.
Muito bom, gostei imenso,
Em exibição no Monumental.
...
[Cinecartaz]. Cinecartaz

O princípio de qualquer coisa...

Chove intensamente, as ruas ficam finalmente lavadas. Os dejectos caninos são arrastados pela água, abençoado dilúvio. Rita apanha um táxi, está perto da praça Luís de Camões, a chuva apanha-a desprevenida. Como sempre, a vasta colecção de guarda-chuva que possui, não lhe serve de nada, esse adereço fica sempre em casa, assim nunca corre o risco de o perder. E levar com uma chuvada em cima, é sempre bom, faz-lhe sentir fresca. Afinal de contas é apenas água. O rádio do táxi, está sintonizado na Rádio Renascença, Rita tem o prazer de ouvir, directamente da capelinha das aparições, o terço. God bless Jesus. O tipo que conduz, o velho mercedes a diesel, ainda tenta iniciar uma pequena conversa, mas Rita aproveita para rezar. Já que não tem tempo para ir à missa, este momento, a caminho de casa, tem de ser bem aproveitado. São 6 da tarde, o Martim Moniz, está no auge das transações comerciais, aqui não há preconceitos, todos são iguais, todo o mundo está representado, desde a longínqua China, até ao mais próximo Norte de África. Estes indivíduos representam um valor inestimável para o desenvolvimento do país. Afinal, qual é o mais comum do portuga, que não deseja ter o seu telemóvel desbloqueado?
Rita deixa-se dormir, rezar cansa. José Vieira, taxista desde tenra idade, conduz a viatura até sua casa. O jantar estava a ser preparado pela esposa de José. Rita acorda sobressaltada, estava em pleno subúrbio de Lisboa, porém o cheiro a cozido à portuguesa, nada a fazia recear.
A casa de José, era decorada de uma maneira muito simples, nada de IKEA’s. Uma prateleira recheada com a grande enciclopédia do futebol latino, é coisa para cerca de 30 volumes, com encadernação de luxo.

Macbeth...


Desilusão, é a palavra certa para o que vi ontem. Apesar de haver um conjunto de actores que eu considerava bom, o resultado final é uma coisa enfadonha, no qual o texto de Shakepeare sofre com tão mau desempenho. Um cenário muito pobre que só veio contribuir para o fraco espectáculo.

domingo, março 04, 2007

O Labirinto do Fauno...


Adorei o filme, absolutamente fantástico.

sábado, março 03, 2007

sexta-feira, fevereiro 23, 2007

quinta-feira, fevereiro 22, 2007

O que ando a ouvir...


...
Ouço repetidamente a faixa "Se por acaso".

sábado, fevereiro 17, 2007

Uma Verdade Inconveniente...


Um filme muito interessante, muito bem conseguido. Al Gore revela ser um excelente comunicador, e alerta-nos para o problema do aquecimento global.
Em exibição, no Quarteto.
O DVD sai na próxima sexta, com o Público.
...
[Cinecartaz]. Cinecartaz
[Movies.com]. Movies.com

sexta-feira, fevereiro 16, 2007

Fábrica da Pólvora...


Um sítio bastante agradável, vale a pena visitar, e perder longos momentos passeando pela fábrica. Numa altura, em que predomina a cultura dos espaços fechados, em que magotes de gente acotovelam-se em centros comerciais, esta é uma boa alternativa.
...
www.fabricadapolvora.com

quarta-feira, fevereiro 14, 2007

Silves...



A Casa da Cultura Islâmica e Mediterrânica de Silves, recentemente inaugurada após reabilitação do antigo matadouro municipal, está localizada no Largo do Jardim Cancela de Abreu, junto à Escola Secundária. O projecto de reabilitação pertence ao arquitecto José Alegria.