domingo, outubro 07, 2007

A vida interior de Martin Frost


Um filme francamente muito mau, é o segundo filme de Paul Auster, que não pretende ser autobiográfico. A história de um escritor que escreve sobre um escritor, que subitamente vê o seu espaço invadido por uma suposta musa. Paul Auster não convence como realizador, o resultado da sua experiência é um fracasso. Pretendia conhecer melhor o universo de Auster, mas senti-me defraudado com este filme.

4 comentários:

totoia disse...

Já estreou?!?! Não dei por nada...

Bem sendo assim não vou ver

dancingkid disse...

De facto, eu assisti a uma ante-estreia, o filme só vai estar em exibição oficialmente, a partir desta quinta. Não quero que a minha opinião seja condicionadora de qualquer coisa, até gostaria de ouvir outras opiniões acerca do filme.

denis disse...

Não gostei do filme, foi uma decepção, vou apostar mais na leitura das suas obras!

Different disse...

estou ansiosa para que saia em dvd, uma vez que não passou nas maiores salas de cinema e não tive oportunidade de ir ver... bem me disseram que devia ser MUITO alternativo...